Como limpar o ouvido com segurança


A cera de ouvido ou cerume é uma substância produzida pela glândulas sebáceas do ouvido externo e tem a função de hidratar e de proteger a integridade do conduto auditivo externo e da membrana timpânica. O cerume pode apresentar diferentes consistências e cores, variando do pastoso ao sólido e do amarelo claro ao marrom escuro, sendo qualquer uma dessas característica normal.


Na maior parte das pessoas, o ouvido é "auto-limpante". O conduto auditivo externo possui pequenos cílios que se encarregam de transportar o cerume produzido no fundo do ouvido até a parte mais externa, eliminando o excesso de cera.



O uso do cotonete para limpar o ouvido não está indicado porque:


  • pode empurrar a cera para o fundo do ouvido, levando à formação de uma rolha. Isto pode provocar dor de ouvido, zumbido e comprometer a audição;


  • pode machucar a pele do conduto auditivo externo, o que resulta em dor, sangramento e aumenta o risco de infecção;


  • pode perfurar o tîmpano e desarticular os ossinhos do ouvido que se conectam com a membrana timpánica. Esta é a complicação mais séria, pois resulta em perda auditiva e o tratamento pode ser cirúrgico.


Algumas pessoas produzem maior quantidade de cerume, que acaba se acumulando no ouvido. Isso é mais frequente em pessoas que apresentem dermatite eczematosa.


"A limpeza deve ser feita delicadamente com uma toalha ou lenço, apenas no orifício externo do canal auditivo. Não é recomendado introduzir cotonete ou qualquer outro instrumento no ouvido, pois há risco de lesão."


Quando procurar o médico otorrinolaringologista?


A remoção da rolha de cera deve ser realizada em consultório médico pelo otorrinolaringologista, que deve ser procurado quando aparecerem os seguintes sintomas:

  • Dor de ouvido


  • Sensação de ouvido tapado ou entupido


  • Perda da audição


  • Chiado dentro do ouvido (zumbido)


  • Sangramento do ouvido


1 view0 comments