skip to Main Content

Rinite alérgica – causas, sintomas e tratamentos

Rinite Alérgica | Dra. Mariane YuiA rinite alérgica é a inflamação da mucosa do nariz que acontece em resposta à inalação alérgenos, partículas que podem provocar alergia em indivíduos predispostos.

Os principais sintomas são:

obstrução nasal
coriza
espirros
coceira do nariz, dos olhos e/ou da garganta
lacrimejamento dos olhos
tosse
dor de garganta
olheiras

Os sintomas costumam ser piores em épocas frias e secas, quando o tempo fica mais frio e seco e há aumento da concentração de poluição no ar.

Filho de pais alérgicos tem um risco de 50% de desenvolverem a doença. Pessoas com asma e dermatite atópica também apresentam maior risco para rinite alérgica.

A rinite alérgica, quando não tratada, pode reduzir a qualidade de vida, atrapalhar o sono e provocar dificuldade de concentração na escola e no trabalho.”

Tratamento da Rinite Alérgica

O tratamento da rinite alérgica está voltado para o controle dos sintomas e para a prevenção de crises, e é importante para que os sintomas não comprometam a qualidade de vida e para que não ocorram complicações do quadro, como a ocorrência de sinusite aguda.

Confira algumas medidas que podem ser adotadas em casa:

  • Lavar o nariz diariamente com soro fisiológico ajuda na remoção das partículas de poeira, pólen e pelo de animais da cavidade nasal, reduzindo a reação inflamatória que provoca os sintomas de alergia.
  • Evitar carpetes e tapetes. Dar preferência a pisos que possam ser limpos com um pano úmido, pelo menos uma vez por dia.
  • Retirar os bichinhos de pelúcia e brinquedos dos quartos das crianças, pois este objetos acumulam grande quantidade de pó.
  • Trocar a roupa de cama duas vezes por semana
  • Usar capas antialérgicas no colchão e no travesseiro. Essas capas podem ser compradas em casas de produtos para alérgicos ou pode ser encomendadas com uma costureira.
  • Manter o quarto arejado, ventilado e livre de bolor.
  • Evitar o uso de perfumes, desodorante aerosol e de produtos de limpeza com odor muito intenso.
  • Não permitir a entrada dos animais de estimação no quarto.

Quando as medidas de higiene e de profilaxia ambiental não são suficientes para o controle dos sintomas, o tratamento medicamentoso pode ser necessário e deve sempre ser realizado sob a supervisão de um médico otorrinolaringologista.

This Post Has 0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top